sábado, 14 de outubro de 2017

SOU 💝




SOU 💝

Sou o tempo, sou vento
Sou verso, sou rima
Sou uma frase inacabada
Sou poema por teimosia
Sou um soneto de reticências
Sou um ponto final de um livro
Sou uma virgula entre as palavras
Sou um sonho interrompido
Sou um amor amanhecido
Sou um mar de corais
Sou um sorriso guardado
Sou uma flor renascida
Sou um jardim em construção
Sou amada e desejada
Sou a história de hoje
Porque amanhã logo se verá.



Isabel Morais Ribeiro Fonseca



  • 💚
  • 💛
  • 💜
  • 💚
  • 💛
  • 💜

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Vaya Con Dios _ I don't want to know ♥❤️ EU ♫♫❤️



Viva com alegria
Ame com esperança
Que é uma dádiva.

💕💕🍃🌷🍃🌹🍸

Isabel Morais Ribeiro Fonseca



💟💞 👠 💕   💟




Deixo a tristeza
E trago a esperança
O amor no seu lugar.


💕💕🍃🌷🍃🌹🍸

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

sábado, 23 de setembro de 2017

Pierre Bachelet _ Emmanuelle 💘 Amor Meu 💘



💘Afago as prosas
Escrevo versos
Num livro
De poemas
Numa folha aberta
Ao amor poético
No sentido verbo
Da poesia.

🌻💘💘🌻




QUANDO
Quando fecho os olhos
Amo sentir
O perfume do teu corpo
Quando te abraço
Posso sentir
O calor dos teus braços
Quando te beijo
Amo sentir
A doçura dos teus lábios
Quando te amo
Posso saborear o gosto
Da tua pele salgada.
🌻💘


🌻💘💘🌻🌻💘

AMOR
Apaga Este fogo Que me consome Nas labaredas Do desejo Quero sentir As tuas mãos A deslizar Sobre o meu corpo Sacia-me Com os teus beijos Neste ninho De amor tão nosso Envolto na nossa nudez.
🌻💘🌻💘
Isabel Morais Ribeiro Fonseca

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Adrian von Ziegler_ Forlorn Hearts �� Silêncio Rasgado




EU SOU


Eu sou um espectro

Numa sombra escura

De falecidas formas

Sombra misteriosa

Pela ironia escura

Ou serei um ser vivo

Nas florestas sagradas

Do silêncio entre a morte

E a vida na satisfação

Do encontro entre as almas

Que se unem escondidas

Quando o corpo repousa.


💌

➹⁀* • ❥  ✌❤ இڿڰۣ¸♥¸➹⁀* •

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

💕🌿🌸🌿💕🌸🌿💕🌸🌿💕🌸🌿💕



segunda-feira, 28 de agosto de 2017

💕SABES MEU 💕

SABES MEU


Amor, morro no teu colo
Por desejar ser louca
Tu és a mortalha que carrego
Pousas-me com amor nos olhos
Como um querido mensageiro
Das madrugadas em brancos lençóis
Mergulho nas ondas do teu corpo
Bem fundo com o fulgor do desejo
Que rebenta em mim de prazer
Tu vives cravado na pele
Do meu corpo, és tu quem amo
Num delírio que me consome
És quem me liberta quando
De mim me tento prender
É a ti que amo com paixão
Por desejar enlouquecer
Tu sabes amor
Há silêncios que são de louvor.

💕🌿🌸🌿💕🌸🌿💕🌸🌿💕🌸🌿💕
Isabel Morais Ribeiro Fonseca


segunda-feira, 24 de julho de 2017

SABES

SABES


Sabes quando eu morrer
A relva continuara a crescer
As folhas continuaram a cair
A chuva molhara a relva, as folhas
E eu já estarei morta, eu sei.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca


quinta-feira, 22 de junho de 2017

CORTA-ME A RESPIRAÇÃO 💕


CORTA-ME A RESPIRAÇÃO 💕

Corta-me a respiração
Dá-me ar com a tua boca
Suga-me o néctar dos seios
Trinca-me como um rebuçado
Absorve-me como um chupa-chupa
Dá-me vida com intensidade
Corta-me a respiração
Com o teu corpo quente
Como um lobo que devora a presa
Ama-me na cama tão nossa
Sonha comigo, devorando-me a carne
Corta-me a respiração
Como um vulcão liberta a lama
Ama-me com a loucura
Tão ardente da nossa paixão
Amor dá-me ar, corta-me a respiração.

💕

Isabel Morais Ribeiro Fonseca


       💌       💕